Buscar

Por Adyashanti - Sair completamente do esconderijo (Viver a verdade) Essencial para o despertar

Eu descobri no decorrer dos anos trabalhando com as pessoas, que até mesmo aqueles que ja tinham vivenciado um despertar profundo, até mesmo essas pessoas tem um enorme medo de ser totalmente verdadeiras, de ser realmente honestas - não apenas com os outros, mas com elas mesmas também. É claro, a raiz desse medo é saber intutivamente que se eles fossem realmente verdadeiros e totalmente sinceros e honestos, eles não teriam mais controle sobre ninguém.

Nós não podemos controlar alguém quando somos totalmente verdadeiros com essa pessoa. Nós apenas podemos controlar se nós falamos uma meia-verdade, se nós escondemos o que é verdadeiro. Quando nós falamos totalmente a verdade, o nosso interior é exposto no exterior. Não existe mais nada para esconder. Para a maioria dos seres humanos, se expor causa um grande medo. A maioria das pessoas penas, ´´ Meu deus, se alguém pudesse ver o que está dentro de mim, se alguém visse o que está acontecendo aqui, o que são meus medos, o que são minhas duvidas, o que eu percebo e penso, eles ficariam horrorisados.´´

A maioria das pessoas estão protegendo a si mesmas. Elas estão guardando um monte de coisas. Elas não estão vivendo de forma realmente honesta, verdadeira e sincera, pois elas sabem que se estivessem fazendo, elas não teriam controle sobre os outros. É claro, no fundo elas não tem controle, mas elas perderiam a ilusão do controle também.

A mairoai das pessoas na infância tem experiencias onde foram machucadas por falarem a verdade. Alguém disse a elas, ´´você não pode falar isso, é inapropriado, é errado´´, etc. E como um resultado disso, a mairoia de nós temos um condicionamento de que ser verdadeiros não é certo, que é errado e tem consequências. Nós fomos condicionados a acreditar que tem momentos em que é tudo bem mentir, e que há outros momentos em que podemos falar a verdade e sermos honestos. A maaioria dos seres humanos tem essa crença enraizada, não apenas em sua mente, mas em seui copo e emoções, se eles forem honestos, se eles forem reais, algo de ruim irá acontecer. Alguém não irá gostar. Eles sentem medo de que não conseguirão controlar o ambiente se forem verdadeiras.

Porém, falar a verdade é um aspecto do despertar. Pode não parecer, pois é algo prático e humano. Não é algo transcedental. Nõa é sobre pura consciência. Mas é sobre como a pura consciÊncia se manifesta na experiência humana de uma forma não dividida. Nós devemos manifestar o que nós realizamos, e devemos perceber as forças que nós impedem se manifestar a verdade em toda siutação que aparecer.

E, falar a verdade não pé falar o que nós pensamos, não é falar nossa opinião, não é despejar nosso caminhão de lixo de nossa mente nos outros. A verdade não é despejar nossas opiniões nos outros. Isso não é a verdade que estou falando. Isso são coisas que na realidade escondem a verdade.

A verdade é algo muito mais intimo que isso. Quando nós dizemos a verdade, nós sentimos uma sensação de confissão. Não digo confissão no sentido de algo certo ou erraddo. Mas de sair completamente do esconderijo. A verdade é algo simples. Falar a verdade é falar de um lugar de total não-auto-proteção.

Para falar a verdade com consistência, nós não apenas devemos perceber os momentos em que temos medo de falar a verdade, mas ver as estruturas mentais que estão dizendo, ´´você não deveria fazer isso.´´ Essas crenças são basesadas na irrealidade. E saber disso não é o suficiente, você tem que ver, realmente pereber as crenças. Quais são as estruturas mentais que te fazem entrar na dualidade, que fazem você se esconder? Apenas assim você pode falar a verdade da maneira que stou falando aqui.

Pate do despertar, se for verdadeiro e autêntico, é o presente de dar liberdade para todo o mundo. A verdadeira liberdade não é ´´eu sou livre, uhul!´´ . A verdadeira liberdade é, ´´tudo é livre.´´ Isso significa que todas as pessoas tem liberdade para serem quem são -indepedente se elas estão inconscientes ou não.

A liberdade é a realização que tudo e todos podem e são exatamente como quiserem ser. E a não ser que realizemos isso, a não ser que nós vejamos as coisas como elas realmente são, ainda estaremos negando a liberdade do mundo. Nós estamos vendo uma posse, e estamos apenas preocupados com nós mesmos. O quão bem eu consigo me sentir? O quão livre eu me sinto? A verdadeira liberdade é um presente para tudo e todos.

Quando buda despertou, ele falou, ´´Eu e todos oseres simultaneamente alcançamos a realização.´´ Do ponto de vista convencional, isso é impossível de entender, se todos despertam, porque eu ainda estou inconsciente? Se Buda estava correto que o mundo inteiro despertou quando ele despertou, porque as outras pessoas ainda não estão despertas? Eu não posso explicar a afirmação de Buda para a mente convencional. O que Buda estava comunicando é que não é que Buda acordou, não era a pessoa que acordou, era a totalidade que acordou. Era a totalidade que estava expressando a si mesma através de Buda.

A coisa mais importante é permitir que o mundo desperte. E parte de permitir que o mundo desperte é reconhecer que o mundo é livre - todo mundo é livre para serem como são. E até que o mundo seja livre para concordar ou discordar de você, até que você tenha total liberdade para as pessoas gostarem ou não gostarem de você, amar ou odiar você, verem as coisas diferentes ou da mesma forma que você - até que você tenha dado ao mundo essa total liberdade - você não terá a sua própria liberdade.

Isso é uma parte fundamental do despertar, e é algo que facilmente passa despercebido. Novamente, se eu estou verdadeiramente desperto, seria impossível deixar de perceber isso, porém a mairoia das pessoas não despertam tudo de uma vez. A ideia de liberdade é muito importante, porém, todos nós podemos ser como quisermos. Apenas quando nós tivermos permitido que todos sejam como são, quando você deu aos outros essa liberdade, a liberdade que na realidade eles ja possuem - então você consegue encontrar em si mesmo a capacidade de ser honesto, verdadeiro e real.

Nós não podemos ser verdadeiros se ainda esperamos que os outros concordem conosco. Isso irá nos causar uma contração-talvez eles não gostem do que eu falo; talvez eles não concordem, talvez eles não gostem de mim. Quando nós estamos protegendo a nós mesmos, nós estamos também tirando a liberdade de todo mundo. Quando nós realizamos que nós somos um e que o Espírito se manifesta em tudo e em todos, então nós realizamos a liberdade para todos.

Existe um medo nessa realização. As pessoas vem a mim as vezes e dizem, ´´ Bom Adya, tem uma parte minha interior que ainda tem medo de ser verdadeiro, que tem medo de viver e falar o que eu sei que é verdadeiro´´ E normalmente eu descubro que esse medo surgiu na infância. E normalmente eu digo, ´Bom, você tem que ver como qeu você criou as estuturas dessas crenças. Você tem que ver se elas são verdadeiras.´´ porém, nós também precisamos reconhecer que nós não temos como prever como o mundo irá reagir. Parte de ser desperto é permitir-se ser cruficiado. Se nós pensamos que quando nós despertamos o mundo irá concordar conosco, então nós estamos totalmente iludidos. Jesus descobriu isso. Ali estava um ser desperto - o filho de Deus- como é falado no Cristianismo. E o que aconteceu com o filho de Deus? Foi cruficiado por expressar o que ele sabia e pensava ser verdade.

Dentro da consciência humana existe um taboo que não é tudo bem realizar a verdade do Ser. Eu naõ estoru falando sobre sair por aí dando sermões, eu estou falando sobre ser o que você realiza e percebe. Esse taboo diz, ´´ Não é tudo bem, eu serei crucificado por isso, eu serei morto por isso´´. É claro, no decorrer da história humana, as pessoas eram mortas por falar a verdade.

Nós temos um histórico de sociedades dando um fim a seres iluminados, porque seres verdeiramente iluminados não se conformam com o estado de sonho. Na realidade, muitas vezes o estado de sonho se sente ofendido e ameaçado por um ser iluminado, porque o ser iluminado não pode ser controlado. Até mesmo a ameaça da morte não pode controlar um ser iluminado. A ameaça da morte não pode controlar a Jesus. Ele viveu a vida que ele estava destinado a viver, independente se aquilo significasse morte ou vida para ele.

É uma idéia infantil acreditar que iluminação significa todo mundo deve me amar. Talvez todo mundo irá te amar, mas provavelmente muitas pessoas não irão. E você quando deu totalmente liberdade para o mundo, então você descobriu a sua própria liberdade. A liberdade que você dá ao mundo e a sua próprias são inextricáveis uma a outra.

A coisa mais importante qé que você não tente convencer os outros da verdade que voCê vê. O que é realmente importante é que você seja verdadeiro consigo. Se você for verdadeir oconsigo, então voCê poderá ser verdadeiro com qualquer pessoa. Não existe benefício em focar ser totalmente verdadeiro com os outros. Por mais que isso seja necessário, o primeiro passo é começar você mesmo: Você consegue ser totalmente sincero com você? Ir além da culpa, do julgamento, daquilo que deveria ou não deveria ser ou acontecer? Você consegue ir naquele lugar onde você é tão sincero que você não foge de nenhuma parte de você que ainda está em conflito; e que você não irá usar alguma percepção da verdade para fugir de algo que está em conflito em você?

É muito importante a questão da sinceirdade. Como eu disse, isso não é um trabalho de auto-aprimoramento. Conforme você for descobrindo esses níveis de sinceridade e honestidade que estou descrevendo, você vai perceber que sinceirdade e honestidade são manifestações da natureza absoluta do Ser. Ser totalmente sinceri consigo pode não ser fácil, incialmente. Você pode ver partes de si que você não quer ver. Você pode ver partes de você que aparentemente contradizem todas crenças espirituais que você tem. Independente, é ali que o despertar vai, ele vai em direção á aquilo que ainda não está disperto. Sinceridade é aquilo que permite esse movimento acontecer, e acontece apenas quando você é real com você mesmo.

Sair completamente do esconderijo e permitir-se ver todos os pontos de fixação -todas as formas que você entra em divisão- permitem que você continue a jornada. E quano isso acontece, você sente seu coração se abrindo, sua mente se abrindo; você sente a si mesmo se abrindo de formas que você jamais imaginou ser capaz. Esses níveis não são apenas transcedentais, mas também dentro da sua humanidade, porque naõ existe separação entre a sua humanidade o seu Ser Divino.

Uma vez, um sábio Zen, Huang Po, disse que voCê não é maior doq ue Buda e não menos do que um ser humano. O que ele estava querendo dizer é que Buda e ser humano não é algo separado. Eles não são diferentes. Por mais que a gente desperte do sonho de ser um ser humano separado, você ainda tem que retornar, até que nós vejamos a natureza humana e a natureza divina como sendo um, um Ser, uma expressão, uma verdade.

SInceridade é a chave. Você tem qeu estar disposto, você tem que querer ver tudo. Quando você querer ver tudo, você verá tudo.

Muitos estudantes que vem me ver tem uma idéia incosnciente que na iluminação, a ´pessoa´, deve sentir total alegria, total extase, total liberdade em todas as situações. Essa é uma das crenças incosncientes que muitas pessoas tem sobre o despertar, e outro mal entendido.

É verdade que, depois do despertar, as situações exteriores não tem mais a capcidade de nos tirar de nosso centro. Porém também é verdade, que quando nós acordamos, nós começamos a nos tornar mais conscientes dos padrões que estão enraizados em nossa vida e que não estão em harmonia com o que nós realizamos. Se você tem uma crença de que a iluminação é apenas sobre alegria, extase, liberdade, você vai se motivar a transcender e escapar dessas áreas da sua vida que você não quer encarar. Mais cedo ou mais tarde, conforme despertamos, nós sentiremos mais pressão em encarar e olhar essas áreas de nossa vida que estivemos evitando, onde nós estamos menos conscientes.

Eu percebo muitas pessoas ficando com medo quando elas começam a realizar que parte do movimento do despertar estpa levando elas numa área onde elas terã oqeu ser totalmente honestas e sair do esconderijo. Isso é contrári oa ideia de que o despertar é apenas transcender a vida, encontrar um céu interior onde não temos mais que encarar a experiência humana. Na realidade, o despertar é totalmente o oposto disso, é um estado de ser onde nós encontramos a capacidade de encarar a vida como ela é. Porém como eu disse, muitas pessoas evitam a vida como ela é. Porque demanda elas sairem do esconderijo em todos os níveis. Muitas pessoas tem medo de permitir que a verdade penetre certas relações que elas estão - sejam relações amorosas, amizades, casamento ou familiares. Pode ser muito mais confortável se esconder do que ir em direção a verdade, esconder padrões disfuncionais que estão presentes.

Em última instância, nós descobrimos quie a iluminação -se é real e verdadeira- não nos permite evitar nada. Muitas pessoas se escondem por trás de supostas realizações espirituais e inclusive usam ensinamentos espirituais para fugir das questões que não querem encarar. na realidade, a perspectiva iluminada dificulda a gente de fugir, é impossivel parar de olhar para nossa vida quando despertamos.

Então, apos o despertar acontecer, muitas pessoas começam a perceber partes em suas vidas que não estavam conscientes. Algumas pessoas podem descobrir que suas relações irão muda. Isso pode ser aterrorizador, porque derrepente nós não estamos mais nos escondendo onde nos trazia conforto. Nós nos perguntamos, ´´ A minha relação irá sobreviver a isso?Irá funcionar? O meu amor irá me abandonar? Meu amigo ainda irá querer ter amizade comigo? A minha relação com meu chefe, co mesu colegas, ainda irão funcionar?´´.

E é claro, muitos seres humanos tem medo da mudança, nós poidemos qeurer mudar, porém a mudança tem uma qualidade do desconhecido, e nós nunca sabemos que irá surgir do desconhecido. Isso é algo importante sobre se tornar totalmente desperto, você tem que estar disposto a sair do conesderijo. Confrontar a vida como ela realmente é. Essa relação é baseada em verdade? Eu não digo se a relação é perfeita ou ideal. Isso não é relevante. O que é relevante é saber se a relação é baseada em honestidade, completude e verdade.

O que é que nós estamos nos relacionado com o outro, exatamente? Através de que lugar estamos nos relacionando? Nós estamos nos relacionando daquele lugar onde vemos que o outro tem a mesma natureza essencial que nós? Nós estamos nos movendo e vivendo dessa maneira? Nós estamos dispostos a encarar os medos que aparecerem? Como eu já disse, muitas pessoas tem medo da mudança. Nós temos medo do que irá acontecer quando sairmos do esconderijo -se nós sairmos da negação-, que nós podermos acabar perdendo um amor, um amigo, um parceiro. A verdade é, talvez a gente perca, nunca saberemos antes.

Eu constantemente digo as pessoas que a iluminação não é garantia que a sua vida vai ir conforme ovcê planejou. A vida será muito melhor do que antes, porém não significa que será da maneira que nós queremos. No final, é tudo sobre a verdade, é sobre se alinhar com a verdade em todos os aspectos, em todos os níveis do seu ser.

A iluminação não é simplesmente escapar e viver num estado transcedental. É um estado onde encaramos nossas vidas e relações como elas realmente são. A vida em si é relação. Em última instância é a relação do Um com o Um, do espírito com o espírito. Então tem a aparência das relaçõe- a dança das relações, a dança da vida. E nessa dança, é absolutamente essencial não esconder nada.

Se você tentar esconder- se você estiver numa relação disfuncional ou em um trabalho tremendamente insatisfatório, você pode escolher não encarar isso, e a consequência disso é que essa negação vai te impedir de se libertar totalmente no despertar. Você não vai ser capaz de ser totalmente livre pois tem áreas na sua vida onde você escolheu permanecer inconsciente, e essas áreas acabam tendo um impacto sobre todas as outras.

O chamado para sair da negfação não é algo queé imposto pela vida, pode soar dessa maneira, pode soar que eu estou falando para você, ´´ Aqui está o que você deve faer, e se você fizer isso, você vai ser uma pessoa melhor e ter uma vida melhor´´ . POde soar dessa maneira, porém não é dessa perspectiva que estou falando. Eu estou simplesmente falando que a consciência desperta se move de maneiras particulares, ela não nega nada, ela não esconde, ela não foge. Aquilo que nós somos, aquilo que é desperto, também é taoltamente corajoso e semmedo. Se move de maneiras, através do amor incondiconal e verdade. É apenas o medo na mente - o medo que constrói a ilusão do ego- que causa a pessoa de evitar fases do despertar espiritual.

Eu quero enfatizar isso. Se você evitar esses aspectos na sua vida que não estão em harmonia - essas áreas onde você está em negação - essas negações irão impedir o seu despertar espiritual. Nos estágios iniciais pode não parecer e não ter efeitos visíveis. Porém, conforme nós amadurecemos na realização mais madura, não existe mais espaço para negação. E isso é algo que muitas pessoas não esperavam. Muitas pessoas acreditam que a ilumianção vai nos dar uma passe livre para evitar todas as coisas que nós achamos desconfortáveis.

O despertar pode ser a base onde nós encontramos todas as pesoas e cada situação. POde ser a base onde nós nos relacionamos com todas as situações da vida. Porém, requer muita coragem e ausência de medo. É requer algo que eu enfatizei muitas vezes, uma simples sinceridade. Esse tipo de sinceridade que surge do amor e da verdade e que vê que a verdade é sempre o bem maior.

Ser qualquer coisa menos do que o real, é estar em negação de qualquer coisa, e diminui a nossa experiência do nós somos. É algo que costumo dizer para meus estudantes, ser qualqeur coisa menos que verdadeiro com as pessoas e as situações em sua vida é evitar a expressão de quem você é. No final, nós devemos ver que a verdade é o bem mais precioso que podemos ter, é a verdade que é a maioior expressão e manifestação do amor. Amor e verdade são idênticos, eles são como dois lados da mesma moeda. Você não pode ter verdade sem amor, e amor sem verdade.

O despertar nos chama para essa transformação interior e exterior. Novamente, não pense que isso é uma transformação sobre ter uma vida perfeita, um trabalho perfeito, um casamento perfeito, ou uma amizade perfeita. Não é sobre perfeição, é sobre completude. Não é sobre ter as coisas exatamente como queremos que elas sejam. Quando nós permitimos que as coisas sejam, um senso de harmonia se desenvolve, e a lacuna entre a realização e quem nós somos como seres humanos se torna cada vez menor.

No decorrerr de nosso amadreucmento espiritual, irá começara diminuir a lacuna entre realização e expressão, despertar e sua atualização

Tradução por Willy.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo