Willy Mouna

Willy Mouna é um professor espiritual que atualmente reside no Brasil. Autor de três obras espirituais; Práticas espirituais sagradas, Você não é quem acredita ser e seu último lançamento, Relações Iluminadas.

Willly também trabalha como modelo a 13 anos, viajou o mundo por cerca de 10 anos, viajando pelo oriente ao ocidente. Também atua como fotógrafo social com o propósito de mostrar ao mundo a realidade das pessoas esquecidas pela sociedade.

Hoje ele reside em São Paulo e realiza Cursos, Retiros e Satsangs semanalmente e também tem encontros individualmente. Ele não segue nenhuma linhagem ou religião específica, porém, utiliza-as quando necessário.

O público de Willy varia de iniciantes a ''avançados''. O foco dele é auxiliar no Despertar Espiritual e na Estabilização e Incorporação da Iluminação na vida diária, para que a iluminação deixe de ser apenas uma teoria e se torne algo vivo na vida humana.

 

Nos últimos anos, viveu imerso em seu próprio silêncio, entre um renascimento inevitável, penoso e inexplicável, acreditando que o silêncio e o sofrimento sempre foram seus maiores incentivadores para evoluir espiritualmente e descobrir sua verdadeira natureza. Com o passar do tempo, muitas pessoas foram atraídas a aproximarem-se dele, pedindo orientaçãoo espiritual. Willy passou então os últimos anos doando-se para aqueles que precisavam de seus conselhos e visões de vida, chegando então a tornar-se de fato um professor. 

A vida espiritual de Willy começou muito cedo, porém, devido à ausência de orientação e conhecimento do que acontecia consigo, passou muito tempo em silêncio e marinando na própria fonte do ser. Com o passar do tempo, descobriu que havia professores espirituais que falavam sobre a experiência pela qual ele estava passando. Willy explorou os ensinamentos de professores espirituais e mestres como Adyashanti, Rupert Spira, Mikhail Naimy, Rumi, Jung, Mooji, Meister Echkart, os Evangelhos, Echkart Tolle, Ramana Maharshi e Nisargadatta Maharaj. Encontrou-se com Adyashanti que o guiou durante grande parte de seu amadurecimento. Porém, inevitavelmente, sempre acabava se distanciando e retornando ao silêncio, recebendo ensinamentos direto da fonte. Willy enfatiza que a espiritualidade não é algo que se aprende e que se manipula, mas que se vive e que se é. Hoje, Willy oferece ensinamentos que estão livre de qualquer crença, ideologia ou filosofia. Toda sua mensagem é compartilhada por sua própria experiência. Ele diz, ''A verdade está acima e além de qualquer ponto de vida ou religião, não há doutrina que possa conter a verdade que está no âmago de todas as religiões.'' Seus ensinamentos são diretos e honestos, ele não acredita que seja necessário inúmeras reencarnações para percebermos a divindade que existe na fonte, Eu Sou. 

O nome Mouna, do Sanksrito, significa silêncio. Para ele, o silêncio sempre foi seu maior professor. Willy fala; ''O sábio Ramana Maharshi falou uma vez que o silêncio é a maior forma de Graça. E também é o maior ensinamento. Percebi durante a minha vida que o silêncio era muito mais do que a simples ausência do barulho. O silêncio trás consigo a magia do desconhecido e do imprevisível. Trás consigo também a magia de simplesmente Ser e repousar em si mesmo, sem querer alterar nada e nem ninguém. Quando a mente fica serena, o coração calmo, a consciência tem a oportunidade de reconhecer a si mesma e retornar a sua verdadeira casa. É apenas quando nós estamos repousando no coração do Ser que há a possibilidade de sentirmos uma plena alegria e paz. Não aquela alegria e paz passageira como nós conhecemos na sociedade, mas uma alegria e paz que é o que nós somos em nossa essência. Já passamos tempo demais vivendo sem viver, chegou a hora de permitirmos morrer o falso para o verdadeiro tomar seu lugar. Não nascemos para permanecer dormindo acordados. Se nós seres humanos temos um propósito, esse propósito é acordar e reconhecer quem verdadeiramente somos. Essa é a única maneira de solucionarmos os problemas na sociedade. É quando o próprio individuo acorda da ilusão da separação egoíca e reconhece sua plena Unidade com a totalidade da existência.''

satsang ano novo1.jpg
Nisargadatta_Maharaj.jpg
Naimy-Mikhail-319x269_edited.jpg
1511266846-d3f08fdb255c28e792e81d72acd63
00361000007jwd9aai-adyashanti_edited.jpg
Sri_Ramana_Maharshi_-_Portrait_-_G._G_We
WWJ08125-3_edited_edited.jpg
Mooji_Wikipedia_Photo_edited.jpg
carl_jung_e_a_pseudociencia.jpg

Se você está aqui presente, é por um lindo motivo, sua consciência está te guiando para uma nova vida, uma vida livre de sofrimento e dramas desnecessários. Confie nesse impulso, nesse chamado. Permita-se continuar esse caminho em direção a luz. Todo seu ser anseia pela verdade do Ser. Todo seu ser anseia pela paz da fonte do Eu sou. É isso o que a bíblia quis dizer  com; ''A paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento.''  Quando estamos repousando na essência, independente do que esteja acontecendo externamente, estamos repousando num reino dos céus, e não há nada que possa abalar isso. O que poderia abalar o imutável, o eterno, o vazio? Nada. Essa é a paz de Deus e que ultrapassa todo entendimento, mas que pode ser vivenciada por você nesse exato momento!