top of page

dom., 30 de jul.

|

Google Meet

Curso Online : O livro de Mirdad - De Mikhail Naimy

Olá amigos de jornada, gostaria de convidar vocês para uma linda oportunidade de participar de uma nova jornada que durará alguns meses. Iremos abrir um grupo de estudo, que prefiro chamar de grupo de contemplação. . Neste grupo de estudo iremos estudar o magnífico, indescrtível e único ''O livro de

O registro está fechado
Ver outros eventos
Curso Online : O livro de Mirdad - De Mikhail Naimy
Curso Online : O livro de Mirdad - De Mikhail Naimy

Horário e local

30 de jul. de 2023, 17:00

Google Meet

Sobre o evento

Olá amigos de jornada, gostaria de convidar vocês para uma linda oportunidade de participar de uma nova jornada que durará alguns meses. Iremos abrir um grupo de estudo, que prefiro chamar de grupo de contemplação. . Neste grupo de estudo iremos estudar o magnífico, indescrtível e único ''O livro de Mirdad''.

O místico indiano Osho menciona “O livro de Mirdad” em sua obra A Song Without Words, dizendo que “Eu não apenas gostei (do livro) — eu li milhares de livros e nenhum é comparável a este”. Eu conheci este livro alguns anos atrás, e foi ele que abriu em mim o caminho que sigo até hoje. FOi ele que me trouxe lágrimas sem motivos e realizações profundas que nunca mais cessaram. Eu li este livro algumas vezes, cerca de sete vezes, e cada vez que leio me trás uma realização nova.

O livro de mirdad foi escrito por libanês Mikhail Naimy, amigo de trabalho de Khalil Gibran. A lenda O Livro de Mirdad pode ser considerado como um dos muitos textos legados à humanidade desde o princípio dos tempos e que pertencem à Doutrina Universal. Sendo assim, ela traz a assinatura da verdade vivente. Em nossos tempos de grandes transformações e reavaliação de valores, O Livro de Mirdad é um archote de luz universal para a humanidade buscadora. Escrito numa linguagem poética, de ricas imagens múltiplas, irradiante de suavidade, amor compreensivo, ele dá prova da fonte original da qual o autor testemunha.

Este grupo de estudos acontecerá 1 vez por semana, aos domingos as 17hrs, com duração de cerca de 1h30. O encontro será presencial e online ao mesmo tempo, o presencial acontecerá em São Paulo no bairro ipiranga, e online será pelo Zoom e todos encontros serão gravados portanto você poderá recuperar o conteúdo caso não consiga comparecer. Não é obrigatório a ter o livro, mas, caso sinta você pode encomendar pela amazon. Eu (willy) irei ler o livro cada encontro, e comentar conforme for aparecendo insights e os participantes podem contribuir com seus insights e dúvidas para podermos desvendar o mistério por trás das palavras.

O grupo terá um tempo indeterminado pois não sabemos quanto tempo levará para terminar o livro, mas acredito que cerca de 3 meses. O grupo de contemplação terá 3 valores para que você possa adptar ao que é melhor para você no momento.

Valor por mês

Valor básico: 90

Valor sugerido: 145

Valor patrocinador: 200

Caso você tenha necessidade de uma bolsa integral, favor enviar mensagem.

O encontro é um momento de contemplação e não de ''estudo''  mental. É como ir na igreja, num templo ou estar em meio a natureza comtemplando uma linda obra.  Você é convidado para fazer parte conosco.  Caso você tenha alguma dúvida por favor envie mensagem.

Aqui está o link do livro para você ler mais sobre:

https://www.amazon.com.br/Livro-Mirdad-Mikhail-Naimy/dp/8567992141/ref=sr_1_1 __mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&dchild=1&keywords=o+livro+de+mirdad&qid=1612880453&sr=8-1

Aqui está algumas falas de Osho sobre o livro:

''O livro de Mirdad pode ser de imensa ajuda se você não esperar, e é um llivro que vale apena ser lido centenas de vezes. Você não consegue compreender o sentido oceânico em apenas uma leitura, porque em cada página, em cada capítulo, em cada linha, existe uma possibilidade.''

''O livro de mirad é uma das ferramentas mais poderosas criadas em nossa idade. Não leia como nenhum outro livro. Não lenha como você lê a Bíblia ou o Bhagavadgita. Leia como uma linda poesia, uma música exposta nas páginas. Leia como uma mensagem de um mestre da meditação. ''

''É um livro para ser lido com o coração, e não com am ente. Não é um livro para ser entendido, mas experienciado. ''

''O livro de mirdad deveria estar em todas as casas, é tão precioso. Ele toca o seu coração. APenas não crie expectatias e ele vai te ajudar imensamente em seu caminho.''

Aqui está algumas citações do livro:

A PALAVRA CRIADORA Velados estão vossos olhos com grande número de véus. Cada coisa sobre a qual lançais vosso olhar é um véu. Selados estão vossos lábios com grande número de selos. Cada palavra que pronunciais é um selo.  As coisas, sejam quais forem as suas formas e espécies, são somente véus e ataduras com que a Vida está atada e velada. Como poderão os vossos olhos, que são em si mesmo um véu e uma atadura, levar-vos a algo que não seja às ataduras e véus?  E as palavras? Não são elas seladas por letras e sílabas? Como poderão os vossos lábios, que são em si mesmo selos, balbuciar algo que não seja selo?  Os olhos podem velar, porém não podem penetrar os véus. Os lábios podem selar, porém não podem quebrar os selos.  Não lhes peçam nada mais do que eles podem dar. Essa é a parte que lhes toca na atividade do corpo e eles bem a desempenham. Para penetrardes além dos véus necessitais de olhos outros que não aqueles dotados de pálpebras e sobrancelhas, e para quebrar os selos precisais de outros lábios que não aqueles de carne. Vede, em primeiro lugar, corretamente, os vossos olhos, se quiseres ver corretamente as outras coisas. Se não virdes e não falares corretamente, nada mais vereis senão a vós mesmos e nada mais pronunciareis senão a vós mesmos. Se, pois, vosso mundo é um enigma indecifrável, é porque vós mesmos sois enigmas indecifráveis. E se o vosso falar é uma deplorável confusão, é porque sois essa deplorável confusão.  Deixai as coisas como elas são e não vos esforceis para modificá-las. Porque elas parecem ser o que parecem devido a vós parecerdes o que pareceis. Se elas vos falarem asperamente, atentai para vossas línguas. Se vos parecem feias, procurai a fealdade, em primeiro e último lugar, nos vossos próprios olhos. Não deveis pedir às coisas que se dispam dos seus véus. Tirai vós próprios os vossos véus, e elas perderão os seus.  A chave para remover os véus de si mesmo e quebrar os próprios selos é uma palavra que deveis trazer eternamente presa em vossos lábios. É a menor e a maior de todas as palavras. Mirdad a denominou A PALAVRA CRIADORA. “Eu”, ó monges, é a Palavra Criadora. Quando disserdes eu, acrescentai, imediatamente, em vossos corações: “Deus seja o meu refúgio contra a malignidade do eu e meu guia para a bem-aventurança do eu”, pois nessa palavra, embora tão pequena, está encerrada a alma de todas as outras palavras.  Vosso eu nada mais é do que a vossa consciência de Ser, silenciosa e incorpórea, que se faz sonora e corpórea. É o inaudível que se torna audível; o invisível que se torna visível; a visão que os permite ver o que não se vê; a audição que os permite ouvir o que não se ouve. Ainda tendes presos os vossos olhos e os vossos ouvidos. E se não virdes com os vossos olhos e não ouvirdes com os vossos ouvidos, nada vereis e nada ouvireis. Basta que penseis eu, e um mar de pensamentos se agitará dentro de vossas cabeças. Esse mar é uma criação de vosso eu, que é, ao mesmo tempo, o pensador e o pensamento. Se tendes pensamentos que apunhalam, que mordem o despedaçam, ficai certos de que somente o eu-em-vós lhes deu o punhal, os dentes ou as garras.  Pelo mero pronunciar eu, trazeis à vida uma multidão de palavras, cada qual símbolo de uma coisa; cada coisa, símbolo de um mundo; cada mundo, parte de um universo. Esse universo é criação do vosso eu, o qual é, ao mesmo tempo, o criador e criatura. Se houver alguns duendes em vosso universo, podeis estar certos de que foi o vosso eu quem os criou. Conforme for a vossa consciência, assim será o vosso eu. Conforme for o vosso eu, assim será o vosso mundo. Se o vosso eu for uno, o vosso mundo será uno; e vós tereis a paz eterna com todas as hostes celestiais e os habitantes da Terra. Se o vosso eu for múltiplo, o vosso mundo será múltiplo; e estareis em perpétua guerra com vós mesmos e com todas as criaturas dos domínios imensuráveis de Deus.  O eu é o centro de vossa vida de onde irradiam as coisas que constituem a totalidade de vosso mundo e para o qual elas convergem. Se ele for firme, o vosso mundo será firme, e não haverá forças em cima ou em baixo que vos possam desviar para a direita ou para a esquerda. Se for instável, vosso mundo será instável; e sereis um folha indefesa colhida pelo terrível redemoinho do vento. Alerta! Eis que o vosso mundo é firme, não há dúvida, somente, porém, na instabilidade. E o vosso mundo é certo unicamente na incerteza. E é constante o vosso mundo, mas tão só na inconstância. E o vosso mundo é uno, mas somente na multiplicidade.''

Ingressos

  • Bolsa

    R$ 91,00
    Taxa de serviço de R$ 2,28
    Vendas encerradas
  • Valor normal

    R$ 145,00
    Taxa de serviço de R$ 3,63
    Vendas encerradas
  • Patrocinador

    R$ 201,00
    Taxa de serviço de R$ 5,03
    Vendas encerradas

Total

R$ 0,00

Compartilhe esse evento

bottom of page