Buscar

Por Adyashanti - Sensação de superioridade, ego iluminado (Armadilhas do despertar espiritual)

Uma das armadilhas mais comuns após o despertar é a ilusão da superioridade. É muito comum em círculos espirituais. As pessoas podem ficar presas numa sensação de superioridade independente se estão despertas ou não; é uma armadilha do estado de sonho assim como é uma armadilha para quem ainda está se estabilizando no despertar. Porém, após o despertar, a mente egoíca pode começar a sentir uma sensação de melhoria, como se o despertar estivesse fazendo uma pessoa melhor do que a outra. Isso é algo muito comum, e até mesmo natural no processo.

Inerente nessa ilusão da superioridade está numa idéia egóica de que nós sabemos de algo. Porque nós despertamos, nós abemos. Porque nós despertamos, nós estarmos certos, e queremos falar para o mundo como é a coisa certa. Porque nós despertamos, nós estamos sempre corretos. Nesse estágio, o ego-que é o construtor do estado de osnho- pode pegar a percepção e começar a criar o que eu chamo de ´´ego iluminado´´. É um ego que acredita estar iluminado, um ego que acredita estar desperto, um ego que está usando a energia do despertar par construir um eu novo e superior.

Eu vi pessoas tendo momentos autênticos do despertar e usar suas realizações para evitar qualquer coisa que elas não querem ver. Ja teve pessoas falano para mim, ´´Mas adya, não tem ego aqui, não tem eu aqui, e por não ter um eu aqui, não há nada a fazer´´. E eu digo a elas, ´´Sim mas você já percebeu que você tem uma incrível capacidade de ser estúpido as vezes?´´ . E eles dirão , ´´Sim, isso pode ser verdade, mas não tem ninguém aqui para fazer nada sobre isso. É tudo um fluxo. Acreditar que eu devo arrumar algo é uma ilusão do ego´´.

É difícil lidar com uma pessoa que está nesse estágio e nesse lugar, um lugar onde elas se escondem por trás das realizações e ilusões. Quando nós estamos num verdadeiro estado desperto, nós nunca usamos o que nós realizamos para fugir de nós mesmos ou de algo. Nós acolhemos tudo na luz do ser. E assim que percebemos que estamos usando a nossa realização como uma forma de ignorar as coisas, nós devemos imediatamente reconhecer que estamos começando agir através do estado de sonho.

Como eu disse anteriormente, existe o ponto de vista do absoluto, onde não existe um fazedor das coisas, e que o ego é uma ilusão. Não existe uma entidade separada para fazer algo. Porém, ainda existe uma verdade mais profunda. O problema é que é muito difícil de botar essa verdade profunda em palavras.

Existe uma escritura na tradição budista chamada do Sutra do coração, que diz que nã ohá nascimento, não há idade e não há morte- e não há fim para o nascimento, a idade, ou morte. Isso é uma parte muito importante do sutra. Não há nascimento, idade ou morte. Isso é verdade do ponto de vista do absoluto. Porém, a não ser que nós tenhamos realizados, simultaneamente, que não há fim para o nascimeto, a idade, e a morte, então nossa realização ainda não é completa. Se a nossa realização não for completa, é muito provavel que o ego irá usar a realização como uma forma de se esconder e jusitficar as ações egóicas.

É muito comum na espiritualdiade. O ego dizer para si mesmo, ´´Eu despertei, eu vi qeu tudo é espontaneo. POrtanto, eu não sou reponsável por nada. Se você não gosta, me desculpe, você não viu a realidade última.´´ Isso é um tipo de ilusão egóica, baseado na superioridade de um ego. E como eu disse, isso é algo muito comum. Eu enfatizei que na nossa jornada do despertar instável para o estável, o nosso maior aliado é a sinceridade. Com a sinceridade, nós podemos reconhecer essa sensação de superioridade como uma forma de arrogância, da mente usar um insight para se esconder.

Como professor espiritual, isso é algo difícil de ajudar as pessoas a ver. É um ego que sabe se defender. E é muito difícil de superar.

As vezes os egos mais difíceis de penetrar e ajudar são aqueles que tiveram um vislumbre da realidade. Você poderia achar que se uma pessoa tivesse um vislumbre da realidade, mesmo que seja momentaneo, o ego dessa pessoa não iria se reconstruir com essas defesas. Porém esse não é o caso, muitas pessoas podem ficar iludidas, mesmo após despertar, e entrar em um novo ego.

O que eu vi durante meus anos ensinando é que normalmente as pessoas que tem essa sensação de superiodade querem ter certeza que as pessoas ouçam elas e saibam o que elas sabem. Elas querem que as pessoas concordem com elas, ou mais importante, elas querem que as pessoas saibam que elas estão iluminadas. Eu ja tivesse pessoas pulando no microfone e começar a falar a versão delas sobre o que elas acham que é a verdade. E nesses momentos, eu sinto como se não conseguisse ajudar essas pessoas. POrém, com o passar do tempo, a vida inevitavelmente irá ensinar elas. A beleza é que mesmo quando nós estamos agindo através de uma nova estrutura egóica, a vida irá fazer questão de nos quebrar em algum momento. Nós seremos levados para o chão em algum momento e teremos que abandonar nossa arrogância. Em algum momento, nós teremso que encaar a nós mesmos. Não existe como fingir algo para sempre, a vida não funciona dessa maneira.

Cada um de nós teremos que ver se nós sentimos uma sensação de inflação, qualquer sensação de supeioridade, qualqeur sensação de olhar para os outros e pensar que eles não estão despertos. Se você sentir uma sensação de superioridade, saiba disso, isso não é o ponto de vista do verdadeiro despertar. Isso é o ponto de vista de um ego que está se agarrando no despertar e fingindo estar desperto.

É importante falar que após o despertar, é normal um pouco de sensação de superioridade. No Zen existe um termo que fala, bebado de vazio. Significa que nós estamos um pouco bebados na energia e na beleza do despertar. porém, se no desprtar a estrutura egoíca fosse realmente dissolvida, não existiria ego para estar bebado. Porém isso não é o que acontece na maioria dos casos, o que sobra é uma estrutura egoíca que fica exuberantemente bebada na realização do despertar. E novamente, não estou dizendo que isso é ruim, estou simplesmente dizendo que acontece.

Se você notar acontecendo, apenas note. Não irá embora porque você se torna horrorizado por isso. Veja o que é. É uma parte do processo para muitas pessoas.

Se você ficar num lugar de sinceridade, você verá que qualquer sensação de superioridade não é verdade. ISso permite voCê ver o que está dizendo para si mesmo, e o que a sua mente está fazendo você se sentir superior. Lembre-se, é apenas a mente que nos ilude. A ilusão começa na mente. Todas as ilusões são fromas de acreditar em coisas que estamos pensando e dizendo para nós mesmos.

A chave para dissolver essas ilusões é simplesmente vê-las. O que você está dizendo para si mesmo que está criando essa sensação de divisão? Seja uma sensação de superioridade ou qualquer outra sensação?

Quando jesus encontrou um grupo de pessoas que estavam jogando pedra em uma mulher, el disse, ´´ AQUELE QUE NÃO TIVER PECADO ATIRE A PRIMEIRA PEDRA”. jesus está falando de um lugar de não-separação, ele não está se vendo como alguém melhor que a mulher sendo apredejada, não importa qual pecado ela tenha cometido. O que ele está dizendo é que ninguém ali está sem pecado. PEcado significa errar o alvo, ninguém está sem errar o alvo. Todos nós fizemos coisas que não deveríamos, todos nós agimos de formas não-iluminadas. Nenhum de nós é diferente de ninguém. E por essa razão, quando nós operamos do ponto de vista da não-separação, qualquer sensação de superioridade se dissolve.

Se você notar uma sensação de superiodade em você, a coisa mais importante é não acreditar. Não tente afastar, não acredite. Apenas esteja nesse estado onde você não acredita mas não tenta afastar do seu sistema, então uma dissolução acontece. Se você tentar afastar, lembre-se que qualquer coisa que você resiste, persiste. Quando você tenta afastar algo, você está energitzando.

Eu tenhgo minha própria história que pode ilustrar uma sensação de superiodade e como lidar com isso. Eu me lembro quando eu tinha 25 anos de idade, e eu tive meu primeiro despertar espiritual. Foi algo muito poderoso e libertador. Lá estava eu, uma criança de 25 anos que não tinha medo no sistema. Eu sabia que eu não poderia morrer e não poderia ser afetado, e toda sensação de sobrevivência tinha desaparecido do meu sistema.

Alguns meses depois dessa realização, eu fui ver minha professora. Eu via ela aos domingos, nós meditavamos, ela compartilhava uma mensage, nós meditavamos um pouco mais, e então todos nós tinhamos café da manhã juntos. nesse tempo, quando eu sentava com os outros estudantes, eu comecei a perceber uma sensaçã ode superiodade em mim. Me surpreendeu, eu comecei a chamar de ´´ O homem superior´´.

Eu estava sentado em meditação, e do o Homem superior surgia. Eu ohlava ao meu redor, e tinha essa sesnação que as outras pessoas no quarto não sabiam de nada. Eles não sabiam o que era a verdade, eles não sabiam sobre a realidade. Eu estava horririzado, e felizmente, eu sabia que não era verdade essa sensação de superioridade. Era um sonho, uma fantasia egoica. Porém mesmo sabendo disso, o Homem superior continua aparecendo.

Minha mente tinha criado uma grande sesnação de superioridade que surge dos fatos do despertar. E ao mesmo tempo, eu sabia que não era baseado na verdade. E eu tentei de tudo para me livrar do homem superor. Eu tentei me lembrar milhares de vezes que não era real. Porém, sempre que eu sentava para meditar, semana após semana, lá estava a sensação de superioridade.

Eu tentei odiar até a morte. Eu tentei amar té a morte. Eu tentei permitir. Eu tentei investigar de onde estava vindo. E semana após semana, eu tentei todas estratégias que eu sabia para eliminar, e todas elas falharam. Todo domingo eu sentava, e lá estava o homem superior.

Finalmente, uma manhã, eu realizei que não tinha nada que eu pudesse fazer sobre o homem superior. Eu fui derrotado. Eu falhei completamente. Eu realizei que nada iria funcionar. E isso não era um pensamento, era uma realização, era uma sensação de rendição verdadeira. Não importa o quanto eu tinha realizado, eu ainda podia seer derrotado. Ainda pode surgir algo em mim que não é verdadeiro, mesmo após o despertar.

Eu sentei lá e me permiti ser derrotado. Eu meditei por mais algum tempo, eu me levantei, e comecei a ter o café da manhã ocm os outros. E eu notei que a sensação de superiodade sempre surgia quando sentavamos para tomar café da manhã. Eu realizei que não havia nada que eu pudess fazer. Era um fato que eu não conseguia me libertar dessa arrogância, e essa foi apenas uma das primeiras experiencias que eu tivee, e que depois surgiram muito mais, da futilidade da vontade pessoal de superar as coisas.

Então se voCê se encontrar tendo essa sensação de superioridade após o despertar, não tente afastar. Não tenta ser negativo com isso. Porém não alimente, apenas veja como é. Essa é a coisa mais importante.

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo